sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Kátia

Kátia Garcia Oliveira, ou simplesmente, Kátia, nasceu no dia 26 de março de 1963.

Desde criança Kátia, cega de nascença, já demonstrava interesse pela música, tanto que aos quatro anos ganhou de presente de seu pai um piano.

Seu avô paterno, pianista, lhe iniciou nas primeiras notas musicais.

Com essa idade, Kátia já convivia com alguém que, no futuro, seria uma das pessoas mais importantes de sua vida e que a marcaria para sempre: Roberto Carlos, o cantor, amigo de seu pai, Waldir Cunha, desde os tempos de juventude.

Na fase escolar, Kátia sempre foi a número um da sala. Aos 12 anos, iniciou suas composições musicais e, pouco tempo depois, criou coragem para mostrar as músicas que estava compondo ao amigo de família, Roberto Carlos.

O cantor Roberto Carlos indicou Kátia para fazer um teste na gravadora CBS (atual Sony Music). Kátia foi aprovada em seu teste e, no ano de 1978, lançou sua primeira música: um compacto simples com a música "Tão Só".

No ano seguinte, no dia de seu aniversário, Roberto Carlos presenteou Kátia com aquele que foi um de seus maiores sucessos: a música "Lembranças", feita em parceria com Erasmo Carlos.

A canção que puxava o álbum de estréia da cantora, ultrapassou a marca de mais de 1 milhão de cópias vendidas, cifra difícil para a época, além de permanecer durante seis meses em primeiro lugar em todas as rádios do Brasil.

No mesmo álbum, outras músicas tiveram destaque. Uma delas entrou para a trilha sonora da novela "O Todo Poderoso", da Rede Bandeirantes: "Direitos".

Em 1980, outro presente de Roberto Carlos colocou Kátia novamente nas paradas de sucesso: a música "Cedo Pra Mim".

Mais uma gravação de Kátia entrou para trilha sonora de novela: a música "Bons Amigos", desta vez na trilha da novela "O Amor é Nosso", da Rede Globo, canção do mesmo álbum de "Cedo Pra Mim".

Em 1981, outro compacto simples destacou Kátia mais uma vez com a música "Ah, Esse Amor".

Em 1982, Kátia lançou o álbum "Sabor" que trouxe mais uma canção de sucesso: "Até Quando".

No ano de 1984, Kátia apareceu cantando as músicas "Sempre Me Faz Bem" e "Todo o Prazer".

Já em outra companhia de discos, Kátia teve novamente outro grande sucesso: a músca "Qualquer Jeito" que ficou conhecida pelo refrão “Não Está Sendo Fácil...", mais um presente do padrinho Roberto Carlos. O mesmo disco destacou outras canções, como "Desejos", com participação de José Augusto, e "Jogo Marcado".

Em 1988, Kátia foi convidada a gravar a com o cantor e compositor Leonardo Sullivan a música "Uma Voz no Coração" que também fez muito sucesso.

Com o fechamento da 3M, Kátia fez, em 1989, sua estréia na PolyGram (atual UNIVERSAL Music), onde fez trabalhos que incluem a música "Me Ensina o Que Fazer" e "Coração Ferido".

Em 1990, Kátia lançou Conversa Comigo, com destaque também para a música "Idas e Voltas" que colocou Kátia mais uma vez na trilha sonora da minissérie "Araponga", da Rede Globo.

Em 1992, além da canção de Roberto Carlos, "Quando o Amor Acaba", Kátia gravou a música sertaneja "De Carona na Felicidade", com participação especial da dupla Tiãozinho & Alessandro.

Ao gravar "Outra Vez", no mesmo álbum, Kátia foi uma das primeiras artistas a gravar uma canção de Zezé Di Camargo que estava, então, em seu segundo CD.

Em 1993, surgiu para Kátia a oportunidade de realizar um trabalho para o exterior. Seu CD em espanhol ganhou as paradas de sucesso na América Latina, colocando a música "Tan Sola" como uma das campeãs de execução, além de outra faixa do CD, "Micaela", ter sido tema de abertura de novela do mesmo nome, apresentada em horário nobre na TV espanhola. O mesmo CD foi lançado no Brasil em português, com destaque para a versão de "Tan Sola" que por aqui ficou conhecida como "Sozinha". O trabalho em espanhol colocou Kátia durante 17 semanas na Bilboard Latina.

Kátia conquistou discos de ouro, platina e diamante, além de troféus importantes como Globo de Ouro, Sharp, Disco Mais Vendido, Cantora Revelação, Música do ano, (Lembranças) cantora revelação, a voz romântica do Brasil e muitos outros.

Depois do último disco, Kátia decidiu dedicar-se à causa dos deficientes visuais, através da distribuição do software Dosvox.

Durante algum tempo, a cantora divulgou o projeto, tendo trabalhado também junto ao projeto Virtual Vision da empresa Micropower. Por isso, foi premiada pela Fundação Bradesco em 2002 pelos relevantes serviços prestados aos Deficientes Visuais no Brasil.

Participou, em 2006, do Programa Rei Majestade, do SBT, conquistando a Coroa de Prata. Além desse prêmio, no mesmo programa, ganhou duas coroas de ouro, agraciada pelo público de todo Brasil.

A cantora continua sua trajetória através da mídia, e lançou "Ao Vivo", no final 2006, o DVD "Festa Ploc 80 Volume 2".

Fez mais um trabalho pela Polydisc, cujo lançamento oficial ocorreu no dia 07 de Fevereiro de 2008 no programa Super Pop, de Luciana Gimenes,que marcou seu retorno para a música.

Kátia tem feito vários shows por todo Brasil e está se preparando para gravar seu DVD Ao Vivo, que em breve, será lançado por todo Brasil com shows e participações especiais. 


Atualmente mora no bairro do Grajau, zona norte da cidade do Rio de Janeiro.

Fonte: Site Oficial Kátia

Nenhum comentário:

Postar um comentário