sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Waleska

Waleska, cantora romântica, nasceu no Espírito Santo e começou sua carreira em Belo Horizonte-MG na década de 60, ao lado de Clara Nunes e Milton Nascimento.

No Rio de Janeiro, foi crooner da boate Arpége de Waldir Calmon e apresentou-se no famoso Beco das Garrafas. Gravou seu primeiro disco na gravadora CBS, ao lado de Roberto Carlos e Elis Regina.

Foi amiga da cantora Maysa e do poeta Vinícius de Moraes e no final dos anos 60/80 foi dona de duas das mais importantes casas noturnas de Copacabana: PUB BAR ( Pontifícia Universidade dos Boêmios) apelido dado pelo jornalista Sergio Bittencourt e boate FOSSA, frequentadas por artistas, políticos e intelectuais, dentre eles Juscelino Kubstcheck e Carlos Lacerda.
Na ocasião recebeu de Vinícius de Moraes o apelido de "Rainha da Fossa" referindo-se ao seu jeito intimista de interpretar músicas de dor de cotovelo, de: Lupicínio Rodrigues, Dolores Duran, Antônio Maria, Maysa entre outros.Disse Vinícius: " Waleska tem a canção certa para a dor exata.Ela é a Rainha da Fossa."

Cantora de músicas de dor de cotovelo, o termo "fossa" apareceu várias vezes nos títulos de seus discos, como Uma noite na fossa , Waleska na Fossa e Fossa. Cantava músicas barra-pesada, mas de uma forma cool. Waleska se celebrizou no circuito de boates e, embora não tenha feito grande sucesso no rádio, tinha público cativo onde se apresentava nos anos 60 e início dos 70.

No exterior apresentou-se na Europa ( Portugal e Itália),Estados Unidos,Argentina e Uruguai.

Com mais de 20 CDS gravados, Waleska é considerada umas das mais fiéis intérpretes românticas da MPB.

Em 2002, apresentou-se na "Boite Tendinha", em Brasília, acompanhada de uma banda. Nesse ano, apresentou bem sucedida temporada nos Estados Unidos. De retorno ao Brasil, apresentou na cidade norte riograndense de Natal o show "Mesa de Bar", com histórias da boêmia carioca, especialmente do famoso "Beco das Garrafas", reduto da Bossa Nova. No show foram interpretados clássicos como "Matriz ou filial", de Lúcio Cardim; "Não se esqueça de mim", de Roberto Carlos; "Nossos momentos" de Haroldo Barbosa, e "Ave Maria do Morro", de Herivelto Martins.

Em 2004, apresentou-se no Maranhão, no Projeto Seis e Meia da Funarte, juntamente com o conjunto regional maranhense Sonoroso.

Após um hiato de alguns anos retornou aos holofotes em 2008 no Rio de Janeiro, no Vinícius Restaurante e Show Bar, para interpretar clássicos da MPB e bossa nova. O repertório deste novo show contou com canções como "Garota de Ipanema", "Corcovado", "Eu sei que vou te amar" (Tom e Vinicius), "Eu e a Brisa" (Johnny Alf), além de clássicos de Chico Buarque, Dolores Duran, Maysa, Lupicínio Rodrigues, entre outros.

Atualmente a cantora encontra-se em fase de lançamento de um livro intítulado "Foi à Noite", contando histórias da boemia carioca, músicas e outras e preparando um novo CD comemorando 40 anos de carreira.Além disso permanece realizando shows em casas de espetáculo de caráter mais intimista.

Fonte: Cantoras do Brasil

Um comentário:

  1. Incondicional fã da Rainha da Fossa{Waleska},sugiro o lançamento de um Box com todas as músicas dessa extraordinária representante da boa MPB.

    ResponderExcluir