sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Roberto Leal

Roberto Leal, nome artístico de António Joaquim Fernandes, nasceu em Trás os Montes, na Aldeia do Vale da Porca, Portugal, em 27 de Novembro de 1951.


Roberto Leal
Imigrou para o Brasil em 1962, com os pais e 10 irmãos, seguindo a familia em 4 etapas.
Estudou música e canto e teve a sua primeira grande oportunidade, em 1970, para gravar um disco na Gravadora R.G.E.

Em 1971 inicia sua carreira, com a canção , "Arrebita" , e neste mesmo ano tem a sua primeira aparição em Televisão no Programa do Chacrinha.



Roberto Leal
Em 1972 ganha o prêmio de Rei da Juventude Brasileira, do Velho Guerreiro e o importante Troféu Globo de Ouro, da TV Globo, entre inúmeros outros.

A partir daí inicia a contagem de 30 Discos de Ouro que iria receber até hoje e 5 Discos de Platina, entre os mais de 500 troféus que compõem sua coleção.



Roberto Leal
Em 1977 realiza sua primeira excursão para Portugal e dali faz trampolim para levar o seu show para diversos países do mundo, para se apresentar por toda a França, Alemanha, Bélgica, Holanda, Inglaterra, Suíça, Espanha, Luxemburgo, Austrália, África do Sul, Argentina, Venezuela, Canadá e Estados Unidos, além de ampliar cada vez mais o mercado do Brasil e Portugal..

Em 1978 passou por uma experiência única e muito bem sucedida, que foi a sua primeira incursão no cinema. Protagonizou o filme “O Milagre”, que conta sua própria história, com recordes de bilheteria ( foram 14 semanas de permanência em cartaz no Cine Paissandu, apenas para citar um exemplo ).



Roberto Leal / 1974
Em números aproximados, Roberto Leal já realizou até hoje mais de 4.500 espetáculos no Brasil e por todo o mundo, já vendeu mais de 17 milhões de discos, tem mais de 300 canções gravadas, sendo que mais de 80% destas canções foram compostas por ele próprio, em parceria com sua esposa Márcia Lúcia.

Foi o primeiro artista popular a se apresentar no Roy Thompson Hall de Toronto, que tendo sido inaugurado pela Rainha Elizabeth e a Orquestra Sinfônica de Londres, não havia recebido até então outros artistas que não de musica erudita, grandes concertos. No dia do espetáculo de Roberto Leal, a casa teve todos os lugares ocupados com sua total lotação, curiosamente até mesmo os 200 lugares do coro.



Roberto Leal
Tendo residido os últimos anos em Portugal e se dedicado mais, consequentemente, ao mercado Europeu, teve o seu próprio programa de Televisão pela RTP Canal 1 de Portugal, com recordes de audiência absoluta, 48 % de share em horário nobre, das 21:00 hs.

Em Março de 1998 Roberto Leal retorna ao Brasil com sua família (esposa e filhos Brasileiros) para, agora parar de andar ás voltas com problemas de identidade à procura da sua porção Portuguesa e da sua porção Brasileira, definitivamente: Luso Brasileiro.



Roberto Leal
Em 2000 lança pela gravadora EMI, o CD "Roberto Leal canta Roberto Carlos" um dos discos mais vendidos da companhia, destaques para as faixas: "Jesus Cristo", "Guerra dos Meninos", "Cavalgada", "Seus Botões", "Desabafo". Em 2001 lança em Portugal e Brasil pela Gravadora Som Livre mais um projeto musical das culturas do Brasil e Portugal * Vira Brasil * Destaques para: "Marinheiro Só", "Morena de Angola", "Procurando Tu", "Esperando na Janela", "Forró de Cabo a Rabo".

Em 2002 Roberto Leal decide novamente dedicar um tempo maior à sua carreira internacional e, para isto, desloca-se por um longo período a Portugal, de onde pode controlar melhor o mercado europeu e africano e até mesmo norte americano. A partir de Portugal lança o seu novo CD “Reencontro”, uma explosão de alegria com músicas recolhidas do repertório da saudosa Amália Rodrigues.



Roberto Leal / 2012
O reencontro com as raízes é inevitável, mas as ligações com o Brasil permanecem fortes. Roberto Leal, a partir de então, não abdica das duas Pátrias, transitando livremente entre Brasil e Portugal. A maior expressão desta maravilhosa fusão deu-se no seu trabalho "De Jorge Amado a Pessoa", onde reuniu num mesmo CD grandes nomes da música portuguesa e brasileira, dividindo com eles o palco do Casino do Estoril e a interpretação de uma recolha cuidadosa dos seus grandes sucessos. Foi assim que juntou, num mesmo trabalho, Alcione, Martinho da Vila, Vitorino, Daniel, Elba Ramalho, Joanna, Jorge Aragão, Tito Paris, Adelaide Ferreira, TerraSamba, Fernando Girão, Rodrigo Leal, TUNA do Instituto Superior de Engenharia de Lisboa e SDS. Um espetáculo inesquecível, que deu origem ao seu primeiro DVD.

Em 2007 lança o "CANTO DA TERRA" , uma chamada geral , uma convocatória em prol da solidariedade e apoio à sua terra, Trás-os-Montes, e que tem sido considerado pela midia, em Portugal, como um dos melhores lançamentos do ano.


Em 2012 completou 40 anos de carreira e continua cantando e se apresentando em shows por todo o país.

Fonte: Fã Clube Virtual de Roberto Leal.


                                                                        Roberto Leal - "Carimbó Português" / 1977



                                                                      Roberto Leal - "Terra da Maria" / 1978



                                                              Roberto Leal - "Moreninha Linda" / 1980



                                                                         Roberto Leal - "O Malhão" / 1980



                                                          Roberto Leal e Elba Ramalho - "Forrandovira" - Programa Todo Seu



                                                              Roberto Leal - "Bate o Pé" - Programa Rei Majestade / 2006



                                                               Roberto Leal e Os Trapalhões - "Arrebita" / 1978



Nenhum comentário:

Postar um comentário