sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Guilherme Arantes

Guilherme Arantes nasceu em São Paulo/SP em 28 de julho de 1953.


Guilherme Arantes
Desde criança queria ser músico. Seu primeiro instrumento foi um cavaquinho, que ganhou aos cinco anos. Um ano depois, passou para o piano. Na adolescência, fez parte do grupo “Os Polissonantes”, cujo baixista era o ator Kadu Moliterno. Estudou na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU), em São Paulo, mas abandonou o curso para dedicar-se à música.

Iniciou sua carreira profissional em 1969, com o conjunto de rock progressivo “Moto Perpétuo”, com o qual gravou um LP em 1974, registrando nove músicas de sua autoria.



Guilherme Arantes
Produziu jingles e vinhetas para os estúdios Pauta e Vice-Versa.

Em 1976, deixou o grupo e partiu para carreira solo, lançando o LP “Guilherme Arantes”, com destaque para a balada pop romântica "Meu mundo e nada mais", incluída na trilha sonora da novela "Anjo mau" (Rede Globo). Os discos seguintes foram “Ronda noturna” (1977) e “A cara e a coragem” (1978).



Guilherme Arantes
Em 1979, participou do "Festival 79", promovido pela extinta TV Tupi, com a música "Estatísticas", lançada em compacto simples pela WEA. Nesse ano, lançou mais um LP intitulado “Guilherme Arantes”.

Lançou, em 1980, o LP “Coração paulista”.



Guilherme Arantes
No ano seguinte, participou do festival "MPB-Shell", com "Planeta água", música de temática ecológica que, embora fosse a favorita do público, obteve a segunda colocação no evento que teve como vencedora a canção "Purpurina" (Jerônimo Jardim). A música foi bastante executada nas rádios.


Guilherme Arantes
Ainda na década de 1980, lançou os LPs “Guilherme Arantes” (1982), “Ligação” (1983), “Despertar” (1985), “Calor” (1986), “Guilherme Arantes” (1987) e “Romances modernos” (1989), emplacando outros sucessos, como "Lindo balão azul", incluído, em 1982, na trilha sonora do especial infantil "Pirlimpimpim" (Rede Globo), e "Cheia de charme", em 1985.

Na década de 1990, lançou o LP “Pão” (1990) e os CDs “Meu mundo e tudo mais-Ao vivo” (1991), “Crescente” (1992), “Castelos” (1993), “Clássicos” (1994), “Outras cores” (1996), “Maioridade” (1997) e “Guilherme Arantes” (1999).



Guilherme Arantes
Em 2000, lançou os CDs “Guilherme Arantes - Ao vivo” e “New classic piano solos”.

No ano seguinte, lançou o CD “Guilherme Arantes - Ao vivo”.

Em 2003, gravou o CD “Aprendiz”.



Caricatura de Guilherme Arantes
Em 2005, participou, ao lado de Flávio Venturini, do projeto "Tom Acústico", na casa de espetáculos Tom Brasil (SP). Os dois artistas apresentaram sucessos de suas respectivas carreiras.

Lançou, em 2007, o DVD “Intimidade”, registro da gravação do CD homônimo, no estúdio de sua casa, na Bahia, em clima intimista, com a presença de 30 membros de seu fã-clube, com destaque para sucessos autorais emblemáticos de sua carreira, como “Planeta Água", "Cheia de charme", "Um dia um adeus", "Meu mundo e nada mais" e "Amanhã". Nos extras, informações sobre a ONG Planeta Água, além de canções gravadas em externas e duas inéditas: "Blue Moon para sempre" e o clipe de "Salvador, Primavera e Outono".

Constam da relação dos intérpretes de suas canções Elis Regina, Zizi Possi, Roberto Carlos, Caetano Veloso, Cláudia Telles, Eliete Negreiros, MPB-4, Quarteto em Cy, Emílio Santiago, Flávio Venturini, Claudette Soares, Ronnie Von, Vanusa, Fábio Jr., 14 Bis, A Cor do Som, Leila Pinheiro, Sandra de Sá, Vanessa Barum, Patricia Marx, Luiz Caldas e Angélica, entre outros artistas.



Guilherme Arantes / 2012
Atualmente, Guilherme Arantes mora em Camaçari, litoral norte de Salvador, onde mantém uma pousada e um estúdio, além de coordenar a ONG Planeta Água, voltada para a preservação ambiental. Além disso continua compondo e apresentando-se em shows.

Fonte: Dicionário Cravo Albin da MPB.



                                                                        Guilherme Arantes - "Amanhã" / 1986


                                                              Guilherme Arantes - "Meu Mundo e Nada Mais" / 1976


                                                                     Guilherme Arantes - "Um Dia Um Adeus" - Globo de Ouro


                                                                 Guilherme Arantes - "Deixa Chover" - Fantástico / 1981


                                                               Guilherme Arantes - "Cheia de Charme" / 2012


Um comentário: