sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Pepeu Gomes

O cantor, compositor e guitarrista Pedro Anibal de Oliveria Gomes, o Pepeu Gomes, nasceu em Salvador/BA em 7 de feverero de 1952.

Pepeu Gomes foi considerado pela revista americana Guitar World como um dos dez melhores guitarristas do mundo e o maior da América Latina, aprendeu a tocar violão de ouvido, na infância, em Salvador, sua cidade natal.

Aos 11 anos formou sua primeira banda, a “Los Gatos” e , em 1966, aos 14 anos sua primeira banda profissional, “Os Minos”, com a qual gravou um compacto simples. Sua banda seguinte, a “The Leif’s”, acompanhou Gilberto Gil e Caetano Veloso no lendário show de despedida pré-exílio londrino em julho de 1969.

Com Moraes Moreira, Paulinho Boca de Cantor, Galvão e Baby Consuelo formou, em 1970, os Novos Baianos. Em 1978, iniciou sua carreira solo, com o LP instrumental “Geração de Som”. No ano seguinte, no LP “Na Terra a mais de Mil”, estreou como cantor, além de tocar e fazer arranjos. Durante os anos 80, Pepeu se transformou em um ícone do rock brasileiro, com o lançamento sucessivos hits.

Em 1998, Pepeu comemorou 20 anos de carreira com um CD duplo que reuniu o melhor de sua obra instrumental. Em 1999, lançou seu 13º disco solo, “Meu Coração”, com vários de seus hits em versões acústica.

Pepeu já apresentou-se seis vezes no Festival de Montreaux, tocou nos Rock in Rio I, II e III, no Fre Jazz e já fez várias apresentações no exterior. Sua música mescla rock, MPB, baião, jazz, chorinho, pop, frevo, samba, maracatu e funk negro, entre outros ritmos. Uma rica mistura, que vai desde Jacob do Bandolim a Jimi Hendrix. Um alquimista de sons a serviço da moderna música brasileira.

Em 2009 apresentou-se, ao lado dos Novos Baianos, na Virada Cultural de São Paulo.

Pepeu continua em intensa atividade, apresentando-se em shows por todo o país.

Nenhum comentário:

Postar um comentário