quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Dori Caymmi

Doival Tostes Caymmi, mais conhecido como Dori Caymmi, nasceu no Rio de Janeiro/RJ, no bairro do Andaraí, em 26 de agosto de 1943.

Filho de Dorival Caymmi e Stella Maris e irmão de Nana e Danilo Caymmi, desde a infância estudou piano, violão e teoria musical.

Seu primeiro trabalho como profissional foi acompanhar a irmã Nana ao piano.

Suas influências principais foram a música do pai, João Gilberto, Tom Jobim e o jazz norte-americano de Nat King Cole, Sarah Vaughan e Ella Fitzgerald.

Ainda jovem, começou a compor trilhas sonoras para programas de televisão e peças de teatro. Nos anos 60 foi também produtor, arranjador e diretor musical. Sua atuação como compositor é destacada, e nos festivais dos anos 60 teve músicas defendidas por MPB-4 ("Cantigo"), Nana Caymmi ("Saveiros", com Nelson Motta) e Elis Regina ("O Cantador", com Nelson Motta).

Nos anos 70 trabalhou mais em trilhas para cinema e televisão, e na década de 80 dedicou-se mais ao mercado norte-americano, onde passou a trabalhar como arranjador e compositor, radicado em Los Angeles.

Sua maneira de tocar violão, com afinações pouco convencionais, e suas harmonias criativas o projetaram internacionalmente.

Outros de seus sucessos foram "De Onde Vens" (com N. Motta), gravada por Elis e Nara Leão, e "Festa", gravada por Jair Rodrigues, Elis e Sergio Mendes.

Tem Paulo César Pinheiro como um de seus principais parceiros.

A empresa de Quincy Jones, a Quest Records, produziu alguns dos CDs do artista.

Dori Caymmi teve dois de seus CDs nomeados para o Grammy, Influências e Contemporâneos, além de ter conquistado dois Grammy Latino, de melhor CD de samba Para Caymmi 90 Anos e de melhor canção brasileira "Saudade de Amar", em parceria com Paulo César Pinheiro.

Dori tem uma agenda organizada com algumas apresentações em pequenos shows, principalmente no eixo Rio-São Paulo.

Fontes: Cliquemusic e Wikipédia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário