sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Marcus Pitter

Marcos Pitter, pseudônimo de Pedro Marcílio, é um cantor e compositor nascido no Rio de Janeiro/RJ, em 23 de maio.

Marcus Pitter surgiu para o grande público em 1969 através do seu primeiro LP "A Voz do Sucesso", lançado pelo selo Polydor. Desse disco destacam-se as canções "Pingos De Chuva"(versão do clássico "Raindrops Keep Fallin' On My Head", de B.J. Thomas, "Você Partiu E Eu Fiquei Assim", "O Que Os Olhos Não Vêem O Coração Não Sente", dentre outras.

Em 1970, o Brasil inteiro cantou o sucesso "A Ponte Rio-Niterói", composição do próprio Marcus Pitter, do seu segundo LP "A VOZ DO SUCESSO 2". Outro grande sucesso desse disco é a balada country "Vou Voltar", versão de "Yellow River", na época estourada nas paradas com o cantor Christie.

No decorrer daquela década de 70, Marcus Pitter emplacou muitos outros sucessos, como "Por Onde O vento Faz A Curva", "Ela É Casada", de 1974, "Se Meu Coração Falasse", "Eu Queria Ser Negro" (balada de protesto, contra o racismo. A música foi citada no livro "Eu Não Sou Cachorro Não", do historiador Paulo César de Araújo, como uma das canções emblemáticas da geração dita "cafona" dos anos 70.

Esses sucessos fizeram de Marcus Pitter um dos principais cantores populares da primeira metade dos anos 70 com diversas apresentações em programas de televisão, especialmente nos programas Sílvio Santos e do apresentador Chacrinha.

Por um período, Marcus Pitter afastou-se depois dos microfones, mas não dos estúdios.

Em 1987, Marcus Pitter retornou com um mix duplo (Continental), com bons arranjos e produção cuidadosa de Jairo Pires. Foram quatro músicas próprias, adocicadas - do próprio Pitter: "Feliz Com Quem Quiser", "É Pra Valer", "O Mundo É Uma Guerra" e "Meu Jeito De Ser".

Entre os músicos que Marcus Pitter convocou para acompanhá-lo, um bom guitarrista - Jaime Alem, e o saxofonista Sérgio Cleto, em intervenções ajustadas.

Marcus Pitter deixou a carreira artística e. segundo um amigo do site, mora atualmente no Rio de Janeiro, próximo à Gamboa.

Fontes: Blogs Marcus Pitter; Blog DNStudio; Site Millarch

3 comentários:

  1. eu não muita consideração a este tão conceituado cantor Marcos Pitter, porque desde a minha juventude eu cresci ouvindo suas músicas, dentre todas elas eu não consigo esquece-la, de Maria Isabel.

    ResponderExcluir
  2. As vezes lembrava dele com a musica Maria Izabel, Infancia maravilhosa.

    ResponderExcluir