sábado, 1 de dezembro de 2012

Perla

Perla é o nome artístico da cantora paraguaia Ermelinda Pedroso Rodriguez D'Almeida. Perla nasceu em Caacupé- Paraguai,no dia 17 de março de 1951.

A cantora nasceu próximo ao Lago de Ypacaraí — que inspirou a famosa guarânia.


Perla
De uma família de músicos, que hoje moram e atuam fora do Paraguai, desde pequena passou a se apresentar em público com o grupo, denominado “Las Maravillas del Paraguay” — ao lado do pai e dos irmãos.

Aos 20 anos, separou-se da família e veio para o Brasil. Começou a cantar no Rio de Janeiro, como atração internacional, em diversas casas de espetáculos e emissoras de televisão. Foi na popularíssima casa “Bigode do Meu Tio”, zona norte do Rio de Janeiro, que ela teve o convite da Odeon para gravar.


Perla
Em 1972 saía seu primeiro LP homônimo, com standards da canção hispanoamericana, como "Malagueña" e "Granada", além de versões de sucessos nacionais, em espanhol, como "Hoy" ("Hoje", de Taiguara). Mas o disco não aconteceu justamente por ser todo cantado em espanhol. Foi somente quando a cantora assinou com a RCA Victor, em 1975 (onde ficou até 1984), cantando versões em português de canções populares internacionais, que ela emplacou.

Seu primeiro sucesso foi "Estrada do Sol" (75), seguida de seus maiores êxitos "Fernando" (76) e "Pequenina (Chiquitita)" (79) — ambas versões de sucessos do grupo pop sueco Abba, do qual a cantora regravou diversas canções. Baladas, disco music, boleros e canções latinas predominaram em sua farta discografia.

Depois da RCA, gravou na Copacabana e na Zan/Brasidisc, na qual em 1999 lançou o CD "Especialmente Para Você", incluindo "Te Extraño", uma versão em espanhol para o tema do filme "Titanic", "My Heart Will Go On".


Perla
A artista, que está se naturalizando brasileira, rejeita o rótulo de brega e cafona que marca sua geração - com ares de cult nos dias de hoje, é bom lembrar: "Sou autêntica. Somos pessoas que cantam com amor e carinho, de forma simples e bacana, nós vamos onde o povo está. A música é a coisa mais autêntica da vida e não entendo porque rotular isso como brega. Não pode haver esse preconceito, porque a música é a alma das pessoas".

Perla afirma ainda manter contato com os artistas da sua época como Sidney Magal, Angelo Massimo, Amado Batista, Odair José e Maria Creuza, entre outros. "Nos encontramos nos aeroportos, nas estradas da vida. É gostoso matar a saudade, somos uma grande família, nos ajudamos uns aos outros, ao contrário dos que ficam esnobando a gente, que são pessoas vazias e frias", finaliza.

Perla tem três fã-clubes e por alguns dos 20 álbuns que gravou até 2000 já ganhou 10 discos de ouro, dois de platina e um duplo de platina por suas expressivas vendagens.


2012
Continua gravando e atuando em shows por todo o Brasil. Ela brinca, revelando que toca em feiras agropecuárias, em praças públicas nas cidades e até em festas surpresas de aniversários e casamentos. "Algumas pessoas me convidam para homenagear e surpreender os pais, que se emocionam quando chego. É muito gratificante fazer parte da história de alguém",

Fonte: Cliquemusic.


                                                                               Perla - "Pequenina" (Chiquitita) no Programa do Bolinha


                                                                           Perla - "Fernando" - Programa do Chacrinha


                                                                                        Perla - "Rios da Babilônia"


                                                                                                                Perla - "Índia"


Um comentário: